NATUREZA DO COMPORTAMENTO HUMANO

NATUREZA DO COMPORTAMENTO HUMANO

Aquilo que cada um de nós é resulta da interação de duas grandes vertentes: a biológica e a cultural. É difícil dizer com que percentagem cada uma delas concorre para explicar o comportamento humano, o que faz da discussão um assunto pouco consensual e de grande polémica.

Privilegiar os fatores culturais, relativamente aos fatores biológicos é valorizar o envolvimento e o ambiente onde vive cada ser humano. O que queremos dizer é que, ao contrário da máquina, precisamos uns dos outros; precisamos de sentir a humanidade para nos desenvolvermos. Eu sozinho não sou ninguém. É na relação com os outros que me torno pessoa.

Sob o ponto de vista emocional, a aprendizagem das emoções começa nos primeiros momentos da vida e continua ao longo de toda a infância. Dizem os psicólogos que a vida familiar é a nossa primeira escola para a aprendizagem emocional. Centenas de estudos provam que o modo como os pais tratam os filhos: com extrema dureza e maus tratos ou com compreensão empática e carinho, têm um impacto marcante e duradoiro para a vida emocional da criança.

A nossa maneira de pensar vai-se formando ao longo do tempo. Depende do percurso individual de cada um e do modo como integra no seu “EU” os factos ocorridos durante a sua existência. “Mindset” é um termo utilizado para definir a mentalidade que cada um de nós tem em relação à vida. No fundo, trata-se de um conjunto de atitudes mentais que influenciam os nossos pensamentos e comportamentos, e desta forma, decisivos para que a pessoa alcance, ou não, o sucesso.

Segundo Carol Dweck, professora de Psicologia da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, o nosso “Mindset” explica e, muito, o modo otimista ou pessimista de ver a vida e reagir de forma sábia, ou não, às nossas intempéries emocionais. Para Carol existem dois tipos de mentalidade distintas: a fixa e a progressiva, definindo bem dois tipos de perfis. As pessoas que se enquadram no primeiro perfil tendem a ter mais pensamentos negativos, são pouco motivadas e não acreditam em si. Por outro lado, as de mentalidade progressiva acreditam que as suas habilidade e potencialidades podem ser desenvolvidas e aperfeiçoadas, pois buscam, incessantemente, vencer as suas limitações. Elas estão dispostas a sair da sua zona de conforto, em busca das suas metas e objetivos de vida. Uma das ideias interessantes nas suas investigações é que o “Mindset” é uma questão de escolha. A opção é sua.

É possível eliminar e bloquear os pensamentos negativos com o auxílio de uma poderosa filosofia de vida chamada Coaching.

Deixe uma resposta